terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Provavelmente, Deus não existe.

“There’s probably no God.
Now stop worrying and enjoy your life.”


“Provavelmente, Deus não existe.
Agora, pare de se preocupar e aproveite a vida.”


Nestes primeiros dias de 2009, este é o slogan de uma campanha publicitária que apareceu nos autocarros de Londres, que também pode estender-se a várias cidades do Reino Unido, e chegar a algumas cidades espanholas como Madrid ou Barcelona.
Outra campanha, mas em terras transalpinas, em Génova, foi anunciada para o mês de Fevereiro, com o slogan: “A má notícia é que Deus não existe, a boa é que não precisamos d’Ele.”
A iniciativa inglesa é de um grupo de ateus que não aguenta mais ver nos flancos dos autocarros londrinos, campanhas de evangelização (sobretudo de confissões evangélicas), que, segundo eles, aterrorizam inutilmente as pessoas na perspectiva de uma vida após a morte e de um juízo divino.
Por isso, “com publicidade se faz, com publicidade se paga”.
Não há motivo para grande indignação, mas é sempre um pouco triste.
Afinal, para mim, e creio que para qualquer crente, a existência de Deus não é em nada um motivo de preocupação, de entrave para aproveitar a vida. Deve ser mesmo uma mania com cheiro a naftalina “acreditar” que os crentes acreditam por medo.
Mas se entrarmos no jogo da publicidade comparativa, não vejo como Deus pode estar ameaçado. Entre Deus e nada, o combate é desigual.
E que a vida é bela com Deus, não vale a pena convencer-me do contrário…as provas abundam.





Defende-me, ó Deus, porque em ti me refugio.
Digo ao SENHOR: "Tu és o meu Deus,
és o meu bem e nada existe acima de ti."
Bendirei o SENHOR porque Ele me aconselha;
até durante a noite a minha consciência me adverte.
Tenho sempre o SENHOR diante dos meus olhos;
com Ele a meu lado, jamais vacilarei.
Por isso, o meu coração se alegra
e a minha alma exulta
e o meu corpo repousará em segurança.
Pois Tu não me entregarás à morada dos mortos,
nem deixarás o teu fiel conhecer a sepultura.
Hás-de ensinar-me o caminho da vida,
saciar-me de alegria na tua presença,
e de delícias eternas, à tua direita.




Salmo 16(15), 1-2.7-11

Fotos: . Ariane Sherine, jornalista do "The guardian" e organizadora da campanha "There's probably no God."
. Os jovens em Sydney com a Cruz das JMJ, alegres na sua fé em Deus.



5 comentários:

joaquim disse...

Se alguém deixar de ser cristão por causa destes anúncios, é porque a "sua" fé não existia verdadeiramente.

Estes anúncios até podem ter o efeito contrário, ou seja, levarem pessoas a tentarem perceber se Deus existe ou não, e nessa procura...encontrá-Lo, porque Ele se deixa encontrar.

Abraço amigo em Cristo

erick sávio disse...

paz e bem santo(a) irmão(ã), Sou aspirante franciscano integrante do blog união de blogs catolicos, na procura de blogs catolicos conseguimos le encontrar e neste momento tenho uma grande alegria de informar que você foi mais um dono de blog catolico convocado a cotribuir para o blog UNIÃO DE BLOGS CATÓLICOS que tem como iniciativa principal divulgar os blogs católicos existentes em nossa web.

pra contribuir para o site basta que você aceite colocar o link de nosso blog em seu blog, informamos que o seu blog já esta sendo divulgado por nós, no entanto a evangelização e divulgação de seu blog em nosso sitema já esta acontecendo e sendo feita, estamos disponibilizando e divulgando seu blog para toda a web,le informamos que a cada atualização seu blog irá estar sendo divulgado mais amplamente. AJUDE-NOS SANTA PESSOA POIS NOS AJUDANDO VOCÊ IRÁ ESTA DIVULGANDO OUTROS BLOGS CATÓLICOS QUE PRECISAM DE NOSSA AJUDA.

link do nosso site: www.uniaocatolica.blogspot.com/


informamos também que nós estamos trabalhando no projeto de modernização de blogs, então se você desejar modernizar seu blog e deixa-lo com uma aparéncia mais bela e leve, você pode nos solicitar e nós faremos isso para você, e você irá escolher o modelo novo de seu blog a cor e outras alterações que você deseje fazer.

Mas isso só depende de você! venha ser mais um irmão a contribuir com nosso projeto.

Maria João disse...

Concordo com o Joaquim.


beijos

Ver para crer disse...

Deus não é um peso para o crente mas um cireneu.

JAC disse...

Bom, dentro da liberdade de expressão e de pensamento isto não me repugna em nada...

A minha fé não anda a reboque de modas, de slogans o de publicidades...

e concordo que Deus não me impede nem impede ninguém de aproveitar a vida: antes pelo contrário ele quer que a aproveitemos e bem. Tal como Ele fez: a sua morte foi proveitosa porque foi amorosa.!