quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Vinde, ó bêbados!


«Então Cristo dirá: ‘Vinde vós também! Vinde, ó bêbados! Vinde, ó fracos! Vinde, ó depravados!’
E Ele dirá: ‘Seres infames, sois imagem da besta e trazeis a sua marca. Vinde à mesma, vós também!’
E os sábios dirão, e os prudentes dirão: ‘Senhor, porque os acolhes?’
E Ele dirá: ‘Se Eu os acolho, ó sábios, se Eu os acolho, ó prudentes, é porque nenhum deles se achou digno disso’.
E Ele nos estenderá os braços, e cairemos a seus pés e desataremos a chorar, e compreenderemos tudo, sim, compreenderemos tudo.»

Dostoïevski

4 comentários:

Moisés disse...

Nossa, de arrepiar!

sedente disse...

Lol, não é de arrepiar ;)
O texto só realça o quanto a justiça de Deus é bem diferente da nossa!E como a sua misericórdia é infinita!

Sandra Dantas disse...

Sim, a sua misericórdia é infinita!!!
Essa misericórdia que tantas vezes não entendemos e não queremos aceitar!

Um abraço amigo!

joaquim disse...

Quedo-me silencioso perante este texto e peço perdão a Deus por tanto julgamento feito aos outros na minha cabeça.

Obrigado, meu amigo.

Abraço amigo em Cristo