terça-feira, 30 de janeiro de 2007

O respeito pela Criação

Os cientistas do nosso planeta andam preocupados…os homens, pelos vistos, não souberam nestas últimas 5 décadas estimar a Criação que Deus lhes confiou …e agora, todos andam preocupados com o futuro da Terra, e nalgumas zonas geográficas, Portugal não é excepção, já se pode claramente notar os estragos de um sobreaquecimento global devido à poluição humana.

Olhemos para o "pobrezinho de Assis", São Francisco, que foi uma criatura de paz e de bem, terno e amoroso. Amava os animais, as plantas e toda a natureza. Poeta, cantava o Sol, a Lua e as estrelas. A sua alegria, simplicidade e ternura lhe obtêm estima e simpatia, que faz dele um dos santos mais populares dos nossos dias. Ficou conhecido como o protector dos animais e, em 1979, foi proclamado pelo Papa João Paulo II como o "Santo Patrono dos Ecologistas".

Saibam os homens, contemplar e respeitar como Francisco de Assis, o grande mistério da Criação para assim tomarem consciência que todos são guardas e protectores daquilo que Deus entregou.


Vendo a obra, vejo Deus; sentindo Deus, sou Amor.

Oh!... Quantas coisas se escondem de mim,
de vós, de todos, filhos do Criador.
Sinto-me nada, ante a grandeza do universo;
sinto-me verme, pelas belezas que desconhece o meu coração.
Deus tem filhos no mar,
nas estrelas, no ar;
Deus tem filhos nas árvores e na terra.
Deus tem filhos até nas guerras.

Que beleza a função da natureza!...
Vejo a luz surgir no escuro,
vejo a vida perfeita nos monturos;
vejo o céu nas águas do mar,
vejo e sinto o Amor no amar.
Quando descanso, a natureza trabalha;
quando durmo, a natureza trabalha;
quando trabalho, a natureza trabalha;
Que sou eu?... Nada, diante desta batalha.

São Francisco de Assis

3 comentários:

Pe. Vítor Magalhães disse...

Uma preocupação real!!! até colocam possibilidades de resolver,... mas não sa sabe a melhor!!! Deus quererá o fim da Humanidade?!! De quem é a culpa?

J disse...

Sedente,

Uma oração lindissima de S.Francisco de Assis que me deste a conhecer.

Obrigadissima por este texto que me fez pensar.

Um grande beijinho em Cristo

Maria João disse...

Ser cristão também é respeitar a natureza... Nem sempre nos lembramos disso...