terça-feira, 13 de março de 2007

Rosto de: Clara Badano

Clara Badano nasceu em 1971 em Sassello (Itália), filha de Ruggero e Teresa.

Aos nove anos, pelo Movimento dos Focolares, conheceu outras crianças, que já tinham como objectivo “escolher Deus” como ideal, na sua vida.

À medida que vai crescendo, sobressai nela o olhar límpido e a beleza. Aplica-se-lhe a expressão de S. Agostinho: “O amor torna-nos bonitos”. É uma grande desportista e gosta muito de cantar e dançar, vestindo-se com elegância. É muito exigente com os seus sentimentos. Está sempre rodeada de amigos e amigas.

Aos 17 anos, diante de uma reprovação a Matemática, procura amar o rosto abandonado de Jesus nessa contrariedade. Depois num certo dia, ao jogar ténis, sente uma dor fortíssima nas costas. Algumas recaídas levam a aprofundar os exames médicos e, por fim, chega o diagnóstico: um tumor dos mais graves e dolorosos. Recebe a notícia em silêncio e sem chorar.

No hospital, preocupa-se com os outros e esquece-se do forte sofrimento para ajudar uma rapariga toxicodependente. Depois de duas operações, a quimioterapia faz-lhe cair o cabelo. Diante de cada madeixa de cabelo que perde, repete um intenso: “Por ti, Jesus”.

Os pais ajudam-na a intuir que o amor de Deus se esconde nas situações mais incríveis. Ela aceita e coloca-se no amor. Assim, oferece as suas poupanças a um amigo que vai partir para África. A força vem-lhe de Jesus na Eucaristia, que recebe frequentemente e com muita alegria.

Os médicos espantam-se com a sua maturidade. O próprio cardeal de Turim vai visitá-la e pergunta-lhe: “Tens uns olhos estupendos, uma luz maravilhosa. De onde te vêm?” Ela responde: “Procuro amar muito Jesus”.

As últimas palavras para a mãe foram: “Sê feliz, porque eu sou feliz”. Duas mil pessoas participaram no funeral, experimentando uma serenidade e santidade contagiosas, sentindo-se levadas a escolher Deus como o tudo da sua vida.

Ainda hoje, Clara continua a entusiasmar muitos jovens a amarem Jesus como o grande segredo da felicidade…


O desafio de viver – Manual do 9º ano de Catequese
Ed. do Secretariado Nacional da Educação Cristã

Ler no site dos Focolares:
Clara (Chiara) Luce Badano

4 comentários:

ALDA disse...

Hoje resolvi fazer uma pesquiza no sapo e escrevi procurar em blogs a palavra "Deus".
Este foi o primeiro que apareceu e abri.
Fiquei encantada porque conheço o Movimento dos Focolares e também a História da vida de Clara Bodano.

Só posso agradecer a Deus por tudo o que me tem dado a conhecer na vida.

Ainda em relação a este movimento, tivemos agora em Portugal a grande graça de receber o grupo Gen Verde.

Assisti em Torres Novas ao espetáculo e é perfeito.

Obrigada pelo conteudo deste blog.

joaquim disse...

Não conhecia a história de Clara Bodano.
Obrigado por ma dares a conhecer.
É uma luz no meio do egoismo e individualismo que nos vai cercando.
É a confirmação de: Deus basta!!!
Abraço em Cristo

J disse...

Sedente,

Não conhecia Clara Bodano, mas fiquei comovida e agradeci-Lhe por me teres dado a conhecer este exemplo de humildade, de entrega e de "aceitação".

Rezo por esta irmã que nos deu a conhecer o Amor de Cristo.
E por ti, que me dás a conhecer o amor do Pai.

Um grande beijinho em Cristo

elsa nyny disse...

Olá!!

Muito linda a história de Clara!!
Amei passar por cá!!
Muita força pa ti!

Beijinhso!
:)